Ads Top

Prefeita Roseli Pimentel é cassada duas vezes por abuso de meios de comunicação



A prefeita de Santa Luzia (MG) Roseli Pimentel (PSB) e seu vice tiveram os registros de candidatura mais duas vezes por propaganda eleitoral irregular.

Por Isaac Daniel - santaluzia.notticia.com



A juíza eleitoral Arlete Aparecida da Silva Coura aceitou procedente dois pedidos de cassação de registro de candidatura de Roseli Pimentel e seu vice Fernando César. A prefeita foi acusada de abusar dos meios de comunicação, fazendo publicações nos jornais Folha de Minas Gerais e Muro de Pedras, que foram dedicados em quase sua totalidade a prefeita de Santa Luzia, na época da eleição, candidata a reeleição. Ela e o vice foram também condenados com a inelegibilidade por oito anos.

A denúncia foi feita pela coligação Somos Santa Luzia, do candidato a prefeito Aguinaldo Campos (PSDB). Os jornais foram distribuídos em massa na semana anterior as eleições do dia 2 de outubro, sendo até distribuídos em estações de ônibus de Belo Horizonte.



Quando os pedidos foram recebidos pela Justiça eleitoral foi dado a liminar para que fosse recolhido todos os exemplares. Na sentença da juíza Arlete, foi dito que os jornais foram distribuídos mão-a-mão por diretores de escolas municipais de Santa Luzia, inclusive com fotos comprovando.

As matérias veiculadas na edição dos jornais Folha de Minas Gerais e Muro de Pedra quebraram o tratamento isonômico que deve ser concedido a todos os candidatos, na medida em que promoveram sobremaneira a então candidata Roseli Ferreira Pimentel.

Com a decisão da juíza, a prefeita fica impedida de assumir a prefeitura em 2017. A decisão cabe recurso. Caso seja condenada em definitivo, novas eleições devem ser marcadas.





Tecnologia do Blogger.